Curso de Via Aérea e Via Aérea Difícil + Ventilação Mecânica

DATA: 26 e 27 de Junho

LOCAL: Recife – PE

CARGA HORÁRIA: 16 horas.
PUBLICO ALVO: Médicos e Estudantes de Medicina do último ano
INFORMAÇÕES

João Moraes – (81) 99896-0325

Inscrições abertas.

Vagas limitadas, aproveite e faça a sua Pré matrícula preenchendo o formulário abaixo.

Via Aérea 26 e 27 de Junho em Recife-PE

CONDIÇÕES: PROGRAME SUA AGENDA - Devido a estrutura de custo do curso, agendamento da data e contratação de serviços externos, o curso ACLS Provider não comporta alunos faltantes ou desistentes. O aluno inscrito para determinada data do curso que faltar ou desistir, ou não comunicar a falta ou desistencia em até 25 dias de antecedencia da data marcada para a realização do curso, perderá sua inscrição sem direito a reembolso, e o aluno informando a falta ou a desistencia em até 25 dias de antecedência o reembolso para o referido aluno é de 50% do valor total do curso. O Laboratório de Treinamento em Emergência Cardiovasculares - HAM poderá transferir a data em casos expeciais, justificando e informando os alunos antecipadamente, não havendo neste caso ônus tanto para o aluno quanto para o Laboratório.

14 + 9 =

A ventilação mecânica (VM) encontra-se em continuado processo de desenvolvimento técnico-científico. A compreensão das características técnicas dos ventiladores mecânicos e dos modos ventilatórios básicos e avançados tornam-se indispensáveis para instituição de um suporte ventilatório mecânico adequado, minimizando o risco de ocorrência de assincronias e lesões pulmonares.

Fundamentar as características técnicas e princípios da ventilação mecânica, descrevendo as variáveis de ajuste (básicas) da VM, as particularidades dos diversos modos de ventilação, as alterações da interação paciente-ventilador e as estratégias ventilatórias.

> Componentes do ciclo ventilatório mecânico: Disparo, ciclagem, limite e linha de base;
> Modos ventilatórios básicos: VCV, PCV, SIMV, PSV;

Suporte ventilatório não-invasivo na DPOC e no EAP;
> Ventilação mecânica em condições especiais (SARA, EAP e DPOC);
> Como transportar o paciente com segurança

  • Epidemiologia da Síndrome Coronariana Aguda (SCA)
  • Fisiopatologia das SCA
  • Avaliação do quadro clínico do paciente
  • Diagnóstico da SCA (ECG seriado, biomarcadores cardíacos)
  • Diagnóstico Diferencial das SCA
  • Eletrocardiograma normal e o registro no papel
  • Arritmias na sala de Emergência
  • Análise do Segmento ST no ECG
  • Reconhecimento da SCA no Eletrocardiograma (IAM sem supra de ST/Angina Instável e IAM com supra de ST)
  • Tratamento das SCA

– Tratamento Inicial da SCA (MOV/MONAB)

– Tratamento antiplaquetário na SCA

– Tratamento Anticoagulante na SCA

– Estratificação de risco da SCA sem supra de ST

– Estratificação de risco da SCA com supra de ST

– Terapia de reperfusão do IAM com supra de ST: uso do fibrinolítico, angioplastia primária e angioplastia de resgate

  • Complicações da SCA (choque cardiogênico, arritmias e complicações mecânicas)
  • Casos Clínicos

– Casos de SCA sem supra de ST

– Casos de SCA com supra de ST

  • Aula prática no manequim avançado
  • Avaliação escrita